O Projeto Olho Vivo não precisa desse tipo de marketing oportunista

No portal Paraná-Online tem uma entrevista com a diretora de cinema e professora da CINETVPR, Maria Augusta Ramos. Na apresentação da entrevista encontra-se a seguinte pérola:

“No último dia 27, Maria Augusta Ramos veio da Holanda a Curitiba para participar do 1.º Encontro Ficção Viva, que visa trazer profissionais de destaque no cinema latino-americano para debater suas produções e processos criativos.”

É lamentável quando um projeto sério, como é o Olho Vivo, se perde com sua asessoria de imprensa. Afinal, o que importa se a diretora veio da Holanda? Seria isso um padrão de qualidade dela ou do Projeto Olho Vivo? Outro fato que realmente lamento é que quem trouxe a diretora para a cidade foi a CINETVPR, afinal ela é parte do corpo docente do curso e nem uma linha foi dita a esse respeito.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: