Censura: Síndrome da Rainha de Copas assola o país

(retirado de http://xocensura.wordpress.com, mas publicado originalmente no From Lady Rasta)

Na primeira noite eles aproximam-se e colhem uma flor do nosso jardim e não dizemos nada.
.
Na segunda noite, já não se escondem; pisam as flores, matam o nosso cão, e não dizemos nada.
.
Até que um dia o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua e, conhecendo o nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E porque não dissemos nada, já não podemos dizer nada.

Eu estava no 4°ano da faculdade quando houve o confisco do dinheiro no Plano Collor. Praqueles que não se lembram (e praqueles que não estão enfronhados no direito), além do confisco, houve também a edição de uma Medida Provisória cretina proibindo que o Poder Judiciário concedesse medidas liminares contra o confisco. Lembro que o meu professor de Processo Civil na faculdade, entrou na sala na segunda feira furibundo da vida, e no melhor estilo “Geraldo Vandré– Geração Ditadura”, começou a declamar esse poema do Eduardo Alves da Costa Maiakovski aí-em-cima, chamado “No caminho de Maiakovski “Despertar é Preciso”.

A gente ainda não estava tão longe assim do fim da ditadura militar, e as pessoas tinham uma maior preocupação com esse assunto; ainda mais quando no primeiro dia de governo um Presidente vindo lá do Alagoas tomava medidas tão inconstitucionais.

Tenho me lembrado muito dessa aula de Processo Civil de uns tempos pra cá, a ponto de achar que o vírus do riponguismo tivesse me pegado. Eu, falando de Maiakovski? Geraldo Vandré? Mas que coisa antiga né?

Continua…

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: