Discurso reaça de esquerda?

ESTOQUE – Thrash Core Anarquista – 2006 – Independente

Apesar dos cabelos compridos a banda de Curitiba não tem nada a ver com metal melódico e afins. Algumas influência do metalcore do anos 80 e outras transgressões são perceptíveis. O discurso libertário-anarquista soa quase como discurso de partido reaça de esquerda ou de anarco-punk. O tema “ocupação urbana” e imperialismo é uma constante em todo o trabalho. O CD inclui 12 faixas, clip, um show ao vivo (o apresentador tentando descrever a banda é cômico) e uma entrevista feita em 2004.

Resenha de Carlos Lopes (O Martelo, Mustang e ex-Dorsal Atlântica)

Obs: Pra quem quiser conhecer o discurso reaça da banda, as letras estão aqui.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: